Sua segurança

Sua segurança está em primeiro lugar em tudo que fazemos.

Se os dados não estão seguros, significa que eles não são privados. É por isso que nos certificamos de que os serviços do Google, como a Pesquisa, o Maps e o YouTube estejam protegidos pelas infraestruturas de segurança mais avançadas do mundo.

A criptografia mantém seus dados privados enquanto estiverem em trânsito

A criptografia eleva o nível de segurança e privacidade dos nossos serviços. Quando você realiza ações como enviar um e-mail, compartilhar um vídeo, visitar um website ou armazenar suas fotos, os dados que você cria se movem entre seu dispositivo, os serviços do Google e nossos data centers. Protegemos esses dados com diversas camadas de segurança, incluindo tecnologia de criptografia de ponta, como HTTPS e Transport Layer Security.

Nossa infraestrutura de nuvem protege seus dados 24 horas por dia, 7 dias por semana

O Google opera uma das infraestruturas de nuvem mais seguras e confiáveis do mundo, de data centers projetados de maneira personalizada até cabos de fibra subaquáticos que transferem dados entre continentes. Ela é continuamente monitorada para proteger seus dados e disponibilizá-los quando for necessário. Na verdade, distribuímos os dados entre vários data centers, para que, em caso de incêndio ou desastre, eles possam ser transferidos de maneira automática e fácil para locais estáveis e seguros.

A detecção de ameaças ajuda a proteger nossos serviços

Monitoramos continuamente nossos serviços e nossa infraestrutura subjacente para proteger nossos serviços de ameaças, incluindo spam, malware, vírus e outras formas de código malicioso.

Não damos acesso direto aos seus dados para governos

Não damos acesso backdoor aos seus dados ou aos nossos servidores que os armazenam, ponto final. Isso significa que nenhuma entidade governamental, dos Estados Unidos ou outra, tem acesso direto às informações dos nossos usuários. Às vezes, recebemos solicitações de acesso a dados do usuário feitas por órgãos de cumprimento da lei. Nossa equipe jurídica analisa essas solicitações e as rejeita quando são excessivamente amplas ou não seguem o procedimento correto. Trabalhamos duro para sermos abertos sobre essas solicitações de dados em nosso Transparency Report.

Criptografia saindo de uma foto da torre Eiffel.

A criptografia do Gmail mantém os e-mails privados

Desde o primeiro dia, o Gmail oferece suporte a conexões criptografadas, o que dificulta para os criminosos lerem o que você envia. O Gmail também avisa você sobre possíveis riscos de segurança, como quando você recebe um e-mail que não foi enviado por uma conexão criptografada.

O envelope de e-mail do Gmail inicia o sinal de alerta do scanner de segurança

A proteção contra spam do Gmail filtra e-mails suspeitos

Muitos ataques de malware e phishing começam com uma mensagem de e-mail. A segurança do Gmail protege você contra spam, phishing e malware melhor que qualquer outro serviço de e-mail. O Gmail analisa padrões extraídos de bilhões de mensagens para identificar as características dos e-mails que os usuários marcaram como spam e utiliza essas marcações para bloquear e-mails suspeitos ou perigosos antes que eles cheguem a você. Você pode ajudar, selecionando "Denunciar spam" nos e-mails suspeitos que receber.

O aprendizado de máquina e a inteligência artificial ajudam o filtro de spam do Gmail a ficar cada vez mais preciso. Agora, 99,9% do spam é mantido longe da sua Caixa de entrada.

O navegador Chrome com o progresso de atualização de segurança

O Chrome atualiza automaticamente a segurança do seu navegador

As tecnologias de segurança estão sempre mudando, então estar em segurança significa estar atualizado. É por isso que o Chrome verifica regularmente se a versão do navegador que você está usando está atualizada com as últimas correções de segurança, proteções contra malware e sites enganosos, entre outros. O Chrome é atualizado automaticamente, então você tem a tecnologia de segurança mais recente do Chrome protegendo você.

Um aplicativo prejudicial entra no dispositivo

O Google Play mantém os aplicativos potencialmente prejudiciais fora do seu smartphone

Uma das maiores vulnerabilidades de segurança do seu dispositivo pode ser os aplicativos que você instala nele. Nosso sistema de detecção sinaliza os aplicativos potencialmente nocivos antes que eles cheguem à Play Store. Se não tivermos certeza de que o aplicativo é seguro, ele será revisado manualmente por membros da equipe de segurança Android. À medida que refinamos nosso sistema de detecção, reavaliamos os aplicativos que já estão no Google Play e removemos aqueles que podem ser nocivos para que eles não cheguem ao seu dispositivo.

O Google bloqueia anúncios maliciosos e enganosos

Sua experiência on-line pode ser arruinada por anúncios que carregam malware, cobrem o conteúdo que você está tentando visualizar, promovem produtos falsos ou violam nossas políticas de publicidade. Levamos esse problema muito a sério. Todos os anos, nossa combinação de revisores ativos e softwares sofisticados bloqueia cerca de um bilhão de anúncios inapropriados. Também fornecemos a você ferramentas para denunciar anúncios ofensivos e controlar os tipos de anúncios que vê. Além disso, publicamos ativamente nossos insights e nossas práticas recomendadas para ajudar a tornar a Internet mais segura para todos.

Principais dicas para ajudar você a ficar protegido on-line

Mantenha suas contas e dados pessoais on-line protegidos com estas dicas rápidas.

  • Proteja seus dispositivos

  • Evite tentativas de phishing

  • Navegue na Internet com segurança

Escudo de segurança do Google e lista de verificação

Crie senhas fortes

A criação de uma senha forte e segura é a etapa mais importante para proteger suas contas on-line. Faça isso usando uma série de palavras que você não esquecerá, mas que as outras pessoas terão dificuldade de adivinhar. Ou escolha uma frase longa e crie uma senha com as primeiras letras de cada palavra. Para torná-la ainda mais forte, crie-a com pelo menos oito caracteres, porque quanto mais longa a senha for, mais forte ela será.

Se for solicitado que você crie respostas para perguntas de segurança, use respostas falsas para fazer com que seja ainda mais difícil adivinhá-las.

Nunca use a mesma senha duas vezes

Use senhas exclusivas para cada conta

Usar a mesma senha para fazer login em várias contas, como sua Conta do Google, perfis de mídia social e sites de varejo, aumenta o risco à sua segurança. É como usar a mesma chave para trancar sua casa, seu carro e seu escritório: se alguém tem acesso a um desses locais, todos os outros podem ser comprometidos.

Mantenha o controle de várias senhas

Um gerenciador de senhas, como o Google Smart Lock no navegador Chrome, ajuda você a proteger e monitorar todas as senhas de suas diferentes contas on-line. Ele pode até mesmo monitorar suas respostas a perguntas de segurança e gerar senhas aleatórias para você.

Defenda-se de hackers com a verificação em duas etapas

A verificação em duas etapas ajuda a bloquear qualquer pessoa que não deva ter acesso à sua conta, solicitando que você use um fator secundário, além do nome de usuário e senha, para fazer login. Com o Google, por exemplo, esse fator pode ser um código de seis dígitos gerado pelo app Google Authenticator ou uma notificação no seu Google app para aceitar o login a partir de um dispositivo confiável.

Para ter maior proteção contra phishing, você pode usar uma chave de segurança física, que é inserida na porta USB do seu computador, ou se conectar ao seu dispositivo móvel usando a comunicação a curta distância (NFC, na sigla em inglês) ou o Bluetooth.

Mantenha seu software atualizado

Para se proteger contra vulnerabilidades de segurança, sempre use softwares atualizados em todos os sistemas operacionais, plug-ins ou editores de documentos do seu navegador da Web. Quando você receber notificações para atualizar seu software, faça isso o mais rápido possível.

Revise o software que você usa regularmente para verificar se está executando a versão mais recente disponível. Alguns serviços, incluindo o navegador Chrome, serão atualizados automaticamente.

Use um bloqueio de tela

Quando você não estiver usando seu computador, laptop, tablet ou smartphone, bloqueie a tela para impedir que outras pessoas acessem seu dispositivo. Para ter mais segurança, configure o dispositivo para que ele seja bloqueado automaticamente quando entrar no modo de suspensão.

Bloqueie seu smartphone caso você o perca

Caso seu smartphone seja perdido ou roubado, acesse a página Minha Conta e selecione “Encontrar seu smartphone” para proteger seus dados usando algumas etapas rápidas. Não importa se você tem um dispositivo Android ou iOS, é possível localizar e bloquear seu smartphone remotamente para que ninguém mais possa usá-lo e acessar suas informações pessoais.

O navegador mostra as senhas protegidas no Chrome

Impeça que apps potencialmente nocivos sejam instalados no seu smartphone

Sempre faça o download dos seus aplicativos para dispositivos móveis de uma fonte confiável. Para ajudar a manter os dispositivos Android seguros, o Google Play Protect realiza uma verificação de segurança nos apps da Google Play Store antes de você poder fazer o download deles e verifica seu dispositivo periodicamente em busca de apps potencialmente nocivos de outras fontes.

Para manter seus dados protegidos:

  • Revise seus apps e exclua aqueles que você não usa.
  • Acesse as configurações da sua app store e ative as atualizações automáticas.
  • Só conceda acesso a dados confidenciais, como seu local e suas fotos, a apps em que você confia.

Tome cuidado com golpes, prêmios falsos e presentes enviados por e-mail

Mensagens de estranhos são sempre suspeitas, especialmente se elas parecerem boas demais para serem verdade, como uma declaração de que você ganhou algo, ofertas de prêmios para responder a uma pesquisa ou a promoção de formas rápidas de ganhar dinheiro. Nunca clique em links suspeitos e nunca digite informações pessoais em formulários e pesquisas questionáveis.

Fique atento a solicitações de informações pessoais

Não responda a mensagens instantâneas, janelas de pop-up ou e-mails suspeitos que peçam a você informações pessoais, como senhas, números de cartão de crédito e conta bancária ou até mesmo sua data de nascimento. Mesmo que a mensagem venha de um site em que você confia, como seu banco, nunca clique no link ou envie uma mensagem de resposta. É melhor ir diretamente ao site ou app dele para fazer login na sua conta.

Sites e serviços legítimos não enviarão mensagens solicitando que você envie senhas ou informações financeiras por e-mail.

Tome cuidado com pessoas usando identidades falsas

Se algum conhecido seu enviar um e-mail a você, mas a mensagem parecer estranha, a conta dessa pessoa pode ter sido invadida.

Tome cuidado com o seguinte:

  • Solicitações urgentes de dinheiro.
  • A pessoa alega estar presa em outro país.
  • A pessoa diz que o smartphone dela foi roubado e que ela não pode receber chamadas.

Não responda à mensagem nem clique em nenhum link a menos que você confirme que o e-mail é legítimo.

Verifique os arquivos antes de fazer o download deles

Alguns ataques de phishing sofisticados podem ocorrer por meio de documentos e PDFs infectados enviados como anexo. Se você se deparar com um anexo suspeito, use o Chrome ou o Google Drive para abri-lo com segurança e reduzir o risco de infectar seu dispositivo. Se detectarmos um vírus, mostraremos um aviso.

Use redes seguras

Tenha cuidado ao usar redes Wi-Fi públicas ou gratuitas, mesmo aquelas que exigem uma senha. Quando você se conecta a uma rede pública, qualquer pessoa nas proximidades pode conseguir monitorar sua atividade na Internet, como os sites que você visita e as informações que digita nos sites. Se a rede Wi-Fi pública ou gratuita for sua única opção, o navegador Chrome informará na barra de endereço se o site é seguro.

Procure conexões seguras antes de digitar informações confidenciais

Quando você estiver navegando na Web, especialmente se planeja digitar informações confidenciais como uma senha ou detalhes de cartão de crédito, verifique se a conexão aos sites que você visita é segura. Um URL seguro começa com "HTTPS". O navegador Chrome mostra um ícone verde de cadeado fechado no campo do URL com a informação “Seguro”. Se ele não for seguro, a mensagem exibida será “Não seguro”. O HTTPS ajuda a manter sua navegação protegida, conectando seu navegador ou app de forma segura aos sites que você visita.